segunda-feira, 30 de Junho de 2008

"MERLIN" EM OPERAÇÕES

SIMULADAS DE BUSCA E SALVAMENTO


Demonstrações de grande perícia...



Para ver com mais detalhe este fabuloso helicóptero:

http://hardware-in-faial.blogspot.com/



Logo de seguida no Largo da República, teve lugar um Concerto Popular pela banda de música da Força Aérea Portuguesa.

domingo, 29 de Junho de 2008

EXCELENTE MOLDURA HUMANA

NAS DEMONSTRAÇÕES AÉREAS DA F.A.P.

Tal como já tinha acontecido nas outras ilhas, também os Faialenses

aderiram em massa a este "AIR SHOW".



A seguir, aos Asas de Portugal, foi possível assistir a

uma demonstração feita pelo "Merlin" de busca e salvamento,

mas fica para o próximo post.


"Poleiros", não faltaram para os mais afoitos.


sábado, 28 de Junho de 2008

ASAS DE PORTUGAL NO FAIAL

Numa exibição que durou aproximadamente 20 minutos,

os dois pilotos não defraudaram as expectativas.



Antes, ao inicio da tarde, alguns jovens Faialenses, tiveram o seu

baptismo de voo, a bordo de um Hércules C-130.







Foram momentos bem passados, a assistir a um "Air Show", que só Deus sabe, quando voltará ao Faial.

quinta-feira, 26 de Junho de 2008

NÃO PERCA NO SÁBADO

AIR SHOW ---» NA BAÍA DA HORTA

foto da FAP/SAJ F. ROQUE

para ver mais fotos --» Fotos Asas de Portugal

Fazendo parte das comemorações do 56º Aniversário da Força Aérea Portuguesa, esta demonstração aérea terá lugar na baía da Horta no próximo Sábado dia 28 de Junho, por volta das 16 horas. A não perder...



Asas de Portugal

quarta-feira, 25 de Junho de 2008

CALÇADA PORTUGUESA 1

Como toda a terra Portuguesa que se preze, também aqui existe este "rendilhado" feito de pedra. Basalto e calcário, decoram os passeios da Horta.




São motivos geométricos, ou representativos dos símbolos da Região ou da Ilha.






Aqui ficam alguns exemplos, desta arte "pisada" todos os dias. Apetece dizer, repare onde coloca os pés.

segunda-feira, 23 de Junho de 2008

EM BUSCA DO DESCONHECIDO - PARTE 2

Durante as explorações do fim de semana passado, deparámo-nos com o que parece ser uma "cratera" de um Vulcão extinto, pode-se dizer que é um grande "buraco", bem lá demos umas voltas por ali, tirámos umas fotos, admirámos as urzes em miniatura e seguimos viagem.

Qual não foi o nosso espanto, uns metros mais abaixo no trilho, ao encontrarmos uma indicação de túnel, fomos investigar, entrámos e percorremos toda a sua extensão, super escuro, mas com a luz ao fundo do ...

Afinal, este túnel vai dar directamente ao interior da suposta "cratera". Lá no fundo, a vista é esmagadora, tipo (formiga dentro de uma piscina). Bem escusado será dizer, que desta não estava à espera, já falei com diversas pessoas, ninguém conhece ou ouviu falar.

Agora pergunto eu:
  1. Será mesmo uma cratera de um Vulcão extinto?
  2. Qual a finalidade deste túnel?
  3. Terá sido algum sitio de extração de algum material?


Confesso que não faço a mínima ideia, se alguém souber alguma coisa, diga por favor.



domingo, 22 de Junho de 2008

ALERTA AOS NAVEGANTES

Está quase a fazer um ano, que ando a perder muitas horas do meu tempo disponível, para tentar manter este blog activo, por variadíssimas vezes recorri a textos ou imagens de terceiros, e tentei (espero que não me tenha esquecido de ninguém) mencionar os seus autores, ou melhor ainda, deixar links (quando os há) para essas páginas. Não faço isto, para ganhar prémios, ser destacado na imprensa, etc... Mas sim por amor à minha terra e para preencher uma lacuna, que na minha opinião existia na altura que iniciei este "trabalhão".

Não tenho complexos de "copyright", gosto de partilhar aquilo que vejo e vou aprendendo, agora espero o mesmo tratamento de terceiros, podem usar tudo o que quiserem, fotos, textos, etc, desde que seja mencionada a sua origem, sei que é muito fácil pegar num texto e colocá-lo por aí, infelizmente quem "queimou as pestanas" a pesquisar fui eu, e nem uma palavrinha a dizer tipo:
http://rotadashortencias.blogspot.com/.

Isto tudo, devido ao meu texto: CARAVELA "VERA CRUZ" , ao qual foi subtraído a última frase e publicado na imprensa local.
NOTA FINAL - Se alguma vez, me esquecer de referir alguém, por favor, agradeço que me digam, pois acredito na velha máxima: o seu a seu dono.

sexta-feira, 20 de Junho de 2008

EM BUSCA DO DESCONHECIDO - PARTE 1

EXPLORAR AO ACASO


Um dos aliciantes da exploração de novos locais, é não saber o que vamos encontrar. Foi com este espírito que nos "metemos" num dos trilhos não sinalizados aqui no Faial, e o resultado, para além de fantásticas paisagens foi a descoberta de um sitio para nós completamente desconhecido, com características verdadeiramente típicas de terras vulcânicas. Até hoje, apesar de ter tentado descobrir mais alguma coisa, o resultado continua a ser o mesmo, ou seja, uma verdadeira incógnita. Mas sobre este lugar, falaremos brevemente, por agora, aqui fica mais algumas imagens retiradas na freguesia do Capelo, entre outros vulcões...

É um passeio por imensas tonalidades de verde, com pinceladas e contrastes fabulosos, numa terra profundamente marcada pelo seu passado.

Em Busca do Desconhecido - Parte 2 ( brevemente neste blog)

quarta-feira, 18 de Junho de 2008

ANDE PELA SUA SAÚDE

Já toda a gente ouviu falar neste slogan certamente, pois é, estamos cada vez mais "adaptados" aos confortáveis sofás de nossas casas, de telecomando na mão e não mexemos uma palhinha. Temos de ir a algum lado, vamos de automóvel, e andar, mexer, népias.
Lá se vai tentando, depois de um "ralhete" do médico, ou no dia a seguir às análises ao mal fadado colesterol, enfim...

Por isso, o melhor que fazemos e deixar os "remédios" de ocasião, aqueles que prometem resolver tudo e não resolvem nada, e andar, andar e andar.

Por isso deixo aqui uma sugestão, de vez em quando mudar o cenário, das nossas "andanças" e fazer por exemplo o circuito das Levadas, é super acessível, de dificuldade baixa, basta seguir a água, no meio da luxuriante vegetação, "embrenhados" num silêncio fantástico, só quebrado aqui e acolá, por um pássaro, ou pelo "chapinhar" da água. Não esquecer o "farnel", umas sandes, umas águas, uns sumos, um chocolate para repor a energia e dar mais alguma, bem como calçado confortável.

Hoje, por acaso vi um panfleto a publicitar um passeio às Levadas, com almoço, chamarrita e tudo, acho que fazem muito bem, estas iniciativas são sempre de louvar.

Embora tenha de confessar, que sou um bocadinho mais egoísta, prefiro fazer este tipo de coisas em grupinhos mais pequenos, 4 a 6 pessoas no máximo, muita gente na minha opinião "estraga" o encanto da Natureza.

terça-feira, 17 de Junho de 2008

domingo, 15 de Junho de 2008

OS TRÊS NOMES...

DESTA ILHA...

A Ilha do Faial, primeiro foi conhecida por Insula de La Ventura, isto no tempo dos "Portulanos", que eram mapas dos fins da Idade Média caracterizados por estarem orientados ao Norte Magnético, representando portos, cabos e outros acidentes costeiros e um minucioso sistema de rosas-dos-ventos e rumos que se entrecruzam sobre todo o mapa. Há quem diga, que eram desenhados em peles de carneiro e que foram os navegadores italianos que os criaram.

Na altura dos descobrimentos (ou povoamento), o Infante Dom Henrique, deu-lhe o nome de Ilha de São Luíz.



Mais tarde, e provavelmente devido à grande abundância de Faias (Myrica faya Aiton), aqui existentes, a ilha recebeu o seu nome definitivo: Ilha do Faial.





Mais recentemente recebeu a denominação de Ilha Azul, mas isto já é outra história que pode ler aqui: http://rotadashortencias.blogspot.com/2008/04/as-ilhas-e-suas-cores.html

sexta-feira, 13 de Junho de 2008

UM SALTINHO A SÃO JORGE

É uma das três ilhas que formam o triângulo,

mais uma razão para nos visitarem...!

Não é necessário dizer mais nada, as imagens falam por si, FANTÁSTICO...

quarta-feira, 11 de Junho de 2008

CARAVELA "VERA CRUZ"

No dia 9 de Julho deste ano, chega ao Faial, a Caravela "Vera Cruz", com a finalidade de reconstituir a Descoberta e Povoamento dos Açores, neste caso a Ilha Azul.

Será no dia 11, que a Caravela irá navegar para a baía de Porto Pim, e reconstituir a chegada dos primeiros povoadores ao areal . Haverá também uma invocação à Senhora das Angústias, padroeira da Ilha, seguindo-se um cortejo até à Igreja Paroquial.

Nessa noite, vai haver uma Ceia Medieval com actores, figurantes e convidados. Esta iniciativa abrange também as ilhas de São Miguel (Povoação) e Terceira (Angra do Heroísmo).
foto - Wikipédia

terça-feira, 10 de Junho de 2008

CHAVE VERDE

SEIS GALARDÕES PARA OS AÇORES, TRÊS DOS QUAIS PARA A ILHA AZUL

"O programa "Chave Verde" é um programa de educação ambiental, de âmbito internacional, que acolhe na sua rede as estruturas turísticas que visem uma gestão e utilização mais sustentáveis em cada estabelecimento, procurando incentivar a mudança de comportamentos ao nível da gestão e da utilização dos recursos turísticos de cada região, como meio do seu desenvolvimento. " AHP

Para saber mais, visite ---»
http://www.hoteis-portugal.pt/?data=read.obj&mod=news&aid=880


Os Vencedores foram:

Quinta das Buganvílias - Castelo Branco

http://www.quintadasbuganvilias.com/home.htm




Casa da Fonte do Rego - Feteira

Casas D`Arramada - Cedros
Receberam também o galardão: Quinta do Martelo (Ilha Terceira), Casa da Torre e A Abegoaria (Ilha do Pico).

domingo, 8 de Junho de 2008

ILHA DO FAIAL

"A cénica baía por onde se espraia o casario branco da

cidade. O ondular suave dos montes que sobem lentamente

até quase tocarem as nuvens. O verde, o verde sempre presente,

com largas pinceladas do azul das hortênsias. Encantos do Faial,

ilha onde a paisagem parece abraçar quem chega e só o deixa

partir com saudade. O Faial é, também, o colorido dos muitos

iates que fazem da Horta o seu porto de escala na travessia do

Atlântico. A paisagem desnuda do Vulcão dos Capelinhos.

O círculo de uma profunda cratera revestida pela vegetação

endémica da ilha. E, sobretudo, o mais deslumbrante miradouro

natural para apreciar a vizinha ilha do Pico e toda a

majestade do enorme cone vulcânico nascido do fundo do mar."




in Guia da Ilha do Faial, da Direcção Regional de Turismo dos Açores

sexta-feira, 6 de Junho de 2008

FIM DE SEMANA EM CHEIO

Temos o Rali Ilha Azul e a Festa do Mundo Rural.

Para aceder a mais pormenores sobre o rali, clique no seguinte link:

http://www.caf-faial.com/

quarta-feira, 4 de Junho de 2008

O BERÇO DA ILHA

CALDEIRA DO FAIAL
Tal como estava prometido, aqui fica a volta à cratera da Caldeira do Faial, são 8 Kms, por um trilho de dificuldade média. Em condições normais, este percurso demora mais ou menos 2 horas e meia a completar.
A quem se aventurar, pode ficar já com uma certeza, tem lindas paisagens, quer para a Caldeira, quer para a Ilha do Faial, quer para as Ilhas em redor.
Vou chamar a esta volta, a "Versão Verde", pois lá para meados do mês de Julho vou colocar novamente uma volta à Caldeira, mas na "Versão Azul", isto como deve calcular devido às Hortênsias. Assim já é lindo, mas com as Hortênsias em flor, é deslumbrante.
A grande novidade deste post, é a existência de dois vídeos, ou seja, a mesma volta vista por duas pessoas, acho que no conjunto, se consegue ter uma ligeira ideia da realidade, pois ver ao vivo, é impossível de reproduzir...
Espero que gostem.



Esta Caldeira, ao contrário do que muita gente pensa, não foi o Vulcão que deu origem à Ilha, antes dela existiu um período a que se deu o nome de Período Pré-Caldeira que é atribuído ao Complexo Vulcânico da Ribeirinha.

DEPOIS SIM DEU-SE A "Formação da Caldeira — Há 10 mil anos, deu-se uma mudança de estilo eruptivo do vulcão central, entrando numa fase quase exclusivamente explosiva, a qual foi responsável pelos vastos depósitos de pedra-pomes e outros materiais piroclásticos que cobrem quase toda a ilha.

Durante esta fase ocorreu o colapso da parte mais alta do vulcão, com afundamento do topo da câmara magmática, originando a formação da actual Caldeira. O colapso parecer ter ocorrido em dois episódios distintos: o primeiro ocorreu no topo da montanha, desenvolvendo-se para o seu interior; o segundo foi originado por um violenta erupção do tipo pliniano, com libertação de uma nuvem ardente.

O abatimento da caldeira terá ocorrido ao mesmo tempo ou imediatamente depois dessa erupção, a qual recobriu mais de 40% da superfície da ilha com uma espessa camada de materiais piroclásticos, mais pujante para norte e leste do centro eruptivo. A maior parte da cobertura vegetal, se não a sua totalidade, foi destruída.

A erupção foi acompanhada por poderosas enxurradas, que resultaram da precipitação intensa induzida pela condensação em torno das poeiras vulcânicas presentes na atmosfera, sobre um relevo íngreme caracterizado pela inconsistência do solo. Nas falésias da Praia do Norte encontram-se vestígios desses movimentos de massa."

in Wikipédia

terça-feira, 3 de Junho de 2008

FAUNA NO FAIAL

Todos os anos, no mês de Abril, duas espécies de garajaus migram da costa ocidental de África, para o local de nidificação, que por acaso é as ilhas dos Açores. Essas duas espécies, são o Garajau Rosado ( Sterna dougalii) e o Garajau Comum (Sterna hirundo). A primeira está infelizmente considerada em risco, a outra tal como o nome indica é mais comum.



Pensa-se que 70% da população europeia do Garajau Rosado nidifica cá nas ilhas.




Em finais de Agosto, os progenitores e a sua prole, partem novamente para a costa Africana.



Por isso, já sabe, tenha cuidado com estas espécies, principalmente com o Garajau Rosado. Não sejamos os responsáveis pelo desaparecimento de mais uma espécie, principalmente devido ao facto de vivermos nas ilhas, onde esta espécie luta para sobreviver através da nidificação.