sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

O TEMPO PASSA...

A ROUPA


Hoje, está condenada ao abandono, esta como outras por essa ilha, mas nas décadas de 20 e 30, "fervilhava" de movimento. Estou a falar das fontes de água, aqui neste caso, era local de visita das mulheres das freguesias vizinhas, Capelo, Praia do Norte e Castelo Branco.







O dia, era quase todo preenchido nesta actividade, levantar cedinho e caminhar junto com vizinhas ou amigas, fazendo algumas dezenas de Kms para lavar as roupas. Dizem os mais antigos, que "as mulheres iam com a roupa á cabeça para o Capelo".










O regresso era á tardinha, chegando muitas vezes a roupa já enxuta a casa, devido às distâncias percorridas e como é óbvio também ao estado do tempo.







Agora, são apenas marcos de um passado esquecido no tempo, já com melhoramentos visíveis em anos posteriores, mas agora talvez definitivamente esquecidas.



2 comentários:

geocrusoe disse...

Já fiz um post sobre este local, quase no início do geocrusoe e numa vertente ligeiramente diferente, mas continuo sem ter a certeza do nome da zona, por acaso sabes qual é?

Lc disse...

O nome desconheço, estas ficam no caminho que liga o parque do Capelo á estrada de acesso ao Cabeço Gordo.