terça-feira, 27 de janeiro de 2009

HOJE É A VEZ DA "CALHETA"

foto - Alexandre Sequeira

Falar da Espalamaca e não falar na Calheta era imperdoável, pois durante anos tiveram a mesma utilidade, ligar as duas ilhas irmãs Faial e Pico.

Para saber mais sobre esta mítica lancha, clique aqui --» H-209-TL

Já agora e mudando do "Mar" para o "Ar", sabe quando, onde e porquê aterrou o primeiro Helicóptero no Faial???

Venha descobrir ---» FAP 9101

7 comentários:

xistosa - (josé torres) disse...

Calheta só conhecia de nome, mas na Madeira.
Mas nada de misturas.
Há uma Calheta em S. Jorge.
Haverá muitas calhetas ...

Mas o curioso é que a Calheta é em S. Jorge.
A da foto ligava o Pico e faial, onde se situa a Calhete.

Mas que confusão ...

Não tenho aparecido.
Uma avaria na máquina das pipocas, deixou-me sem nada ... descalço e nu.
Foi o coração do portátil que se foi ...
Agora vou eu.
Talvez para a semana.
Por isso vou desaparecer por uns tempos ...

Espero desforrar-me no Verão e nem que seja para conhecer uma só ilha ... a morte ainda deve estar longe.

Até já!

Caterina disse...

É molto bello questo blog. D'estate scorsa (vedendo il suo blog)ho piantato anch'io delle ortensie nel mio giardino.
Complimenti a abbracci:
Kati

Caterina disse...

É molto bello questo blog. D'estate scorsa (vedendo il suo blog)ho piantato anch'io delle ortensie nel mio giardino.
Complimenti a abbracci:
Kati

Lara disse...

Igualmente...meu desejo atrasado de um ano maravilhoso por aí!

Colibri disse...

Olá,

Gostei muito deste blog, caro amigo, pois mostra-nos uma visão sobre os Açores, talvez mais inesperada, pelo menos para mim...

Um abraço
Colibri
------
Os meus últimos sentires…
Eis-me aqui: Testemunho dramático…
Colibrir as Emoções: A filha da onça…
Traços de Angola: Parte 11 - Fotos do Lobito (Parte I)…
Corais dos Recifes: Camarões ornamentais…

Mar de Bem disse...

Repito:
"Gostava mais da "CALHETA" quando o mar estava ruim... Foi nela que julguei morrer numa viagem de quase 2h do Calhau à Horta. Mestre Simão parava os motores, deixava a lancha ir na onda, arrancava depois, voltava a parar...Tudo fechadinho, a proa enfiava-se toda dentro da água, o mulherio gritava, a água entrava de jorro pelos respiradores... Aflitivo..."

Eram os tempos de há 50 anos...

Lc disse...

Ainda cheguei a andar numa delas, não me lembro qual, mas não tinha nada a ver com a actualidade, lol
O mar estava mais perto, nos dias bons e também nos dias maus.