segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

O VISIONÁRIO

Achei por bem, colocar este titulo, pois o sujeito, realmente tem visão, mas também podia utilizar frases como: "É preciso ter LATA", " Esta criatura não tem vergonha nenhuma", "Ao ponto a que isto haveria de chegar", "No meio dos Touros, há um sujeito que pensa", etc (ficava aqui horas a enumerar títulos para este post), mas não vale a pena, afinal tal visionário sempre teve t..., para dizer o que pensa, o problema é que ninguém teve t... para lhe responder.

É caso para grande espanto, grande admiração que viesse alguém do território que chama aos outros ilhéus no Atlântico plantados (ILHAS), visto que eles vivem num "contenente" talvez imaginário, dizer que o "triângulo" não é viável turísticamente falando.

Ficámos todos, profundamente admirados que este sujeito, que ocupa variados cargos de grande destaque lá no seu entender, se ache na qualidade de visionário ao ponto de afirmar que "promover o triângulo é um erro".

Fundaram a ART, na altura destinado às ilhas do grupo central, ainda são 5 ilhas, a saber e sem qualquer grau de grandeza ou distinção aqui vão: Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial, o caro leitor deve estar a pensar deixou o Faial para último, pois deixei, porque na altura de tal formação, o Faial foi deixado de fora (isto na brochura que foi publicada, por tão prestigiada Associação), isto ele não veio cá explicar...

Isto de brochuras, realmente tem muito que se diga, já houve outras que estiveram na calha, felizmente não saíram, mas que demonstrava a qualidade de tão ilustres personagens que andam por aí a respirar este maravilhoso ar puro Açoriano.

Eles não querem saber dos Açores para nada, apenas da luta de titãs que neste momento está a ter lugar no arquipélago, por um lado São Miguel, pelo outro a Terceira, caros amigos o resto é paisagem, que por este caminho vai se tornar deserta a médio, longo prazo.

Voltando à ART, sugiro uma visitinha ao site, e depois digam se aqui está defendido os interesses das cinco ilhas, ou apenas de uma, já sei, quem edita são os da Terceira, ou outros ou são malandros ou ainda estão à espera do "Magalhães" para aceder ao site e colocar lá os conteúdos das respectivas ilhas.

Voltando ao viável ou não, caro "sujeito" aconselho uma visita a São Jorge, ao Pico e ao Faial, sem más intenções, aqui caro amigo vai encontrar tanta coisa linda, que na sua querida terrinha, não há, realmente existe muita beleza nos Açores, mas não é na Terceira, São Miguel é fantástico, Flores também, no triângulo nem se fala, as outras ilhas não conheço, por isso não falo, mas dizer que a ideia Triângulo é um erro, caro amigo, eu estou a perceber onde queres chegar, e não te levo a mal por isso, cada um puxa a brasa à sua sardinha, o que me deixa mesmo com pena, é os Faialenses andarem a perder os t......
Já me ia esquecendo, aqui fica o site de promoção às ilhas do Grupo Central, ou seria da Terceira???

12 comentários:

Paulo Pereira disse...

Estou completamente de acordo com o post. Também eu vi essa declaração e percebi muito bem qual a intenção.
Confesso não ser grande entusiasta do triângulo, mas de maneira nenhuma apoio quem queira piorar a actual situação.
Pois, quem quiser alter´´a-la tem de dar garantias que é patra melhor. Pelos vistos, nem se esforçam um pouco para nos iludir...

Paulo Pereira disse...

Estou completamente de acordo com o post. Também eu vi essa declaração e percebi muito bem qual a intenção.
Confesso não ser grande entusiasta do triângulo, mas de maneira nenhuma apoio quem queira piorar a actual situação.
Pois, quem quiser alter´´a-la tem de dar garantias que é patra melhor. Pelos vistos, nem se esforçam um pouco para nos iludir...

Anónimo disse...

Pk não dizer claramente, (os tomates), é isso mesmo sem tirar nem por, parabéns pelo post, já é tempo de dizer as verdades, continue.

Anónimo disse...

Realmente não é de estranhar que os nossos "amigos terceirenses" nem queiram ouvir falar em promoção autónoma do triângulo.
Seria com toda a certeza uma golpe fatal para aquela ilha, pois toda a gente sabe ser o nosso patinho feio.Paciência.É a vida.
Não tenho qualquer dúvida que a beleza e complementaridade destas três ilhas e a sua proximidade geográfica é uma mais valia impossivel de igualar nesta região, sem deixar de reconhecer que S. Miguel per si representa um destino excelente.

JC disse...

Essa confesso que não sabia, mas fui buscar o jornal, e estava lá também. O ridiculo da noticia, é essa personagem ter dito, e cito: "o triângulo - não tem um público-alvo", ora que tolice, então e o patrimonio mundial tem?, alguem viaja para ver casas, eh eh eh

Na minha humilde opinião, quem viaja para os Açores, procura o contacto com a natureza, petece mesmo é dizer a essa criatura:

"DA"

geocrusoe disse...

subscrevo o que dissestes e mais não digo porque talvez utilize o meu teclado para protestar sobre o tema noutro espaço, onde habitualmente escrevo...

moura do castelo-velho disse...

É a beleza natural, evidentemente, que leva as pessoas aos Açores. Como dizia alguem que prezo muito " em todo o mundo as casas têm os telhados para o céu e as janelas para a rua..."
O que queremos ver quando chegamos a qualquer lado é o que existe de natural,genuino e autêntico: A paisagem, a flora, a fauna, os petiscos tipicos,os usos e os costumes, a cultura do povo na sua verdadeira essência.
Os Açores são espectaculares no seu todo.
PARABENS VCS NASCERAM NO PARAÍSO!...e eu irei aí em breve.
Bjs Luisito

Anónimo disse...

Pois é, parece que a coisa não correu bem como os toiros tinham planeado. Deixaram o Faial de fora mas quando foram pedir dinheiro ao governo para promover o grupo central, foi-lhes dito que faltava uma ilha, e não tiveram outro remédio senão virem como cordeirinhos convidar o Faial a participar, porque era uma ilha "muito importante". É preciso não ter vergonha na cara.

Periquito disse...

A coisa está tão preta para os lados dos "rabo-tortos" que já nem conseguem esconder o nervosismo!!!
O Triângulo é já uma realidde e nem vai precisar dos poderes governamentais. Vai (está) implementando-se naturalmente!
Qual é o turista que ñ adere a um programa de entrar por uma ilha, pernoitar e tomar o pequeno-almoço e no dia seguinte visitar outras duas, almoçando numa, jantando noutra e vindo dormir à primeira (ou a mesma rota vice-versa) e ainda de permeio, observar baleias, nadar com golfinhos, dar umas tacadas de golfe, visitar uma idílica fajã, beber um caldo de peixe numa adega, fazer montanhismo ou o itinerário da rota dos vulcões???!!!
Realmente já não há Faialenses com tomates pretos.
Em vez de virem para a c. social era já ali na cara daquele sandrinho que ele levada a resposta.
Nunca o Faial deveria ter aceite ter entrado nessa pretensa Associação de Turismo do Grupo Central. Se já tivera (intencionalmente) ficado de fora assim ficava e promovia-se a si mesmo e ao Triângulo.
O Triângulo pode e deve avançar com a força da iniciativa privada, pois dos politicos (principalmente aqueles que temos) apenas só veem o seu bolso e a côr do seu Partido.
Com que então o TRIÂNGULO não é produto turístico, por si só, cativante?
Esta tirada é candidata à maior anedota do ano!!!
Da maneira que os terceiras estão desesperados!!!

Mar de Bem disse...

Meus meninos, não se amofinem! Porque estão tão apoquentados com os da Terceira e vice-versa?
A realidade é esta (atenção que eu não li nem ouvi nada a este respeito. Apenas o que aqui se disse): O TRIÂNGULO É O NÚCLEO CENTRAL DO GRUPO CENTRAL. Aqui não há dúvidas. Vejamos: a ligação entre ilhas é feita por mar. É o mais lógico. Na pior das circunstâncias, isto é no INVERNO, o "CRUZEIRO das ILHAS" apenas faz a ligação do TRIÂNGULO. Porquê? Pensai, senhores, pensai!!!
Cada ilha não vale rigorosamente nada sem as suas gentes. Temos que descobrir o caracter dessas gentes!!! P'ra quê querermos ser melhores do que eles? TEMOS QUE SER MELHORES DO QUE SOMOS. O desafio é connosco mesmos. Só assim poderemos mostrar-nos como "O TRIÂNGULO".

Lc disse...

Aqui temos algumas afirmações sensatas, muitos dados novos e algumas motivações para mudar, concordo um pouco com todos, só não percebi ainda porque fazemos parte de tal Associação que aparentemente só foi criada para nos "prejudicar".

nanda disse...

Pergunto:
- Quem leu ou se debruçou sobre o Plano Ordenamento Turístico da Região Autónoma dos Açores ?
Deixaram aprovar o POTRAA e agora faz-se dele tábua rasa?
Penso que está na hora de sermos mais conscientes e responsáveis. Afinal, o dinheiro é dos nossos impostos.