sexta-feira, 19 de outubro de 2007

MEDITAÇÕES...

MENSAGEM à MARINA da HORTA

"Isto é uma mensagem que deixo na muralha da Marina da Horta. É uma mensagem a esta ilha do Faial, à cidade da Horta e aos seus habitantes pela sua hospitalidade, bondade e amizade.

Partir da Horta deixa-me uma ferida na alma, mas o meu coração vai cheio de muitas recordações calorosas e inesquecíveis. Se um dia tiver de chorar, será quando estiver no mar alto, para além do horizonte, para que as minhas lágrimas caiam na imensidão do Atlântico e, um dia, cheguem ás costas da minha ilha preferida.

Pensarei em todos vós e espero que, algumas vezes, estarei nos vossos pensamentos e que todas as estrelas cadentes me tragam mensagens dos vossos corações. Sabemos todos que o afastamento das almas faz com que mais profundos fiquem os sentimentos.

Espero que isto aconteça.


Faialenses, não vos digo Adeus, mas sim, até à próxima!"


Loulou - Yacht Pluto



in Jornal "Tribuna das Ilhas", nº 284, 19/10/2007

1 comentário:

nanda disse...

A Horta é uma cidade que nos abraça e enlaça com seus dois braços ( Espalamaca e Guia).

É uma cidade que permanece no nosso coração pela sua pequenez, pelo seu cheiro a fruta do Pico, pela luz com que nos inebria.

Bom fim de semana