sexta-feira, 11 de abril de 2008

O BASALTO

"O basalto é uma rocha ígnea eruptiva, de granulação fina, afanítica, isto é, os cristais não são vistos à vista desarmada, podendo, ainda, conter grandes quantidades ou ser constituído integralmente de vidro (material amorfo). Esta rocha é constituída principalmente de plagioclásio e piroxênio e, em muitos casos, de olivina. Como minerais acessórios encontram-se, principalmente, vários minerais, sendo os óxidos de ferro e titânio os mais frequentes. A rocha basáltica geralmente possui cor escura acentuada (rocha máfica), sendo muito explorada para a construção civil."

in Wikipédia


Cá nos Açores, foi muito utilizada na construção de edifícios religiosos (Impérios do Espírito Santo, Igrejas, Ermidas e Conventos), mas também em muitas habitações.


Aqui vemos uma excelente recuperação de uma habitação, onde o basalto está e ainda bem em destaque.




Cornijas, elementos decorativos, faixas e molduras são algumas das possíveis aplicações do basalto.







São edifícios muito bonitos, e felizmente existem muitas recuperações felizes na nossa cidade.








Uma palavra também para os candeeiros que foram colocados um pouco por toda a cidade, fazendo lembrar tempos mais recuados, e que são vistos por várias vezes nestas fotos. Ao contrário de outras modificações que foram feitas, estas sim demonstram muito bom gosto, e dão um "ar", muito "catita" à cidade da Horta.


3 comentários:

Ishwan disse...

Regards from Darker Than Black
www.darkdays-ishwan.blogspot.com

geocrusoe disse...

uma vez disseram-me, embora não com intenção de elogio e sin de constatação, que a Horta era uma cidade a cinza e branco... as tuas fotos lembraram-me essa ideia.

Lc disse...

Cada um tem a sua opinião, não tenho nada contra as cores, mas gosto muito do contraste entre o negro do basalto e o branco.