sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

QUEM DISSE QUE QUANDO

SE MUDA É PARA MELHOR...

Esta será sempre para mim, a melhor "versão" do Largo do Infante. Há primeira vista, pode parecer fora de "moda", sem o tal famoso mobiliário urbano, provavelmente desenhado por alguém muito famoso, etc

Mas aqui, o Infante estava no seu lugar, a olhar o mar, enfim são gostos...

8 comentários:

Anónimo disse...

não me parece fora de moda de todo!!! Mas agora está muito moderno!!! Mas são os gostos de quem manda no estaminé!!! Pode ser que quando mudar o tacho, mudam também os aspecto dos Jardins.

geocrusoe disse...

existe uma confusão entre gostos, estilos e fora de moda, mas isso fica para outra altura.
O desenho do jardim da época da foto não está fora de moda, era um bom arranjo paisagístico que retratava a sua época, agora é património destruído para sempre.
Fazer hoje um novo jardim com traça do início de século XX seria ridículo, substituir um bom traço de um jardim daquela época é igualmente ridículo, embora me pareça que o traço actualmente existente tenha sido feito na década de 1950/1960 (estado novo) e o mobiliário apenas é que representa os gosto do poder actual... em resumo, tem havido uma série de atentados a este jardim que se iniciaram há quase 50 anos.

Caterina disse...

La bellezza di questa foto sta proprio nel fatto che é fatta in stile antiquato. Mi piace.
Ciao e buona domenica:
Kati

Caterina disse...

La bellezza di questa foto sta proprio nel fatto che é fatta in stile antiquato. Mi piace.
Ciao e buona domenica:
Kati

Mar de Bem disse...

GEOCRUSOE tem razão.
Lembro-me de quando inauguraram o novo "TALENT DE BIEN FAIRE"... (nasci em 1945)

Não sei se foi por esse evento a visita à Horta de CRAVEIRO LOPES, presidente da República de então. Lembro-me do seu ar cerimonioso!

Nessa altura era o LARGO do Infante e não a PRAÇA do Infante, como agora.
Era um jardim muito mais fresco e airoso.

Neste momento o que me irrita é o pavimento sem uma linha estética definida e equilibrada. É uma coisa!!! Porque tiraram as ondas, muito mais consentâneas com o local?

Eu gostava mais dos antigos bancos, mas aceito estes, pois não são aberrantes e não sei quais as razões de quem decidiu mudar.

nanda disse...

Para mim continua sempre a ser o "Largo do Infante". O Largo das brincadeiras, dos estudos, dos intervalos das aulas, dos namores, das brincadeiras dos filhos e agora, ... continuamos a admirar, os postais com que o Pico nos presenteia no dia a dia.

LB disse...

É pena que os lugares nobres da cidade da Horta continuem a ser tratados com muito pouca nobreza. Do Largo do Infante à Avenida Marginal correm parcos metros de enormes atentados urbano-paisagísticos...

tomas disse...

concordo plenamente
não conhecia esta "versão" do largo
mas o infante estava ali muito bem

o que o largo precisa é de uma remodelação actual e bem pensada para ser bonito, mais livre e para se libertar de alguns "empecilhos"

http://issuu.com/fazendofazendo/docs/10edicao?mode=embed&documentId=090206005612-9211d4818b4e429988dde96e59ce9678&layout=grey