sábado, 25 de agosto de 2007

GENERAL ARMSTRONG - NAVAL BATTLE



"LONG TOM"




Em 26 de Setembro de 1814, durante a guerra entre os Estados Unidos e o Reino Unido (1812-1815), ancorou no porto da Horta, o "Brig-of-war General Armstong", era comandado pelo Capitão Samuel Reid, conhecido pelas suas inúmeras vitórias em batalhas navais.

O "General Armstrong", estava equipado com 24 canhões, entre os quais se encontrava seis peças de artilharia de 9 libras, uma delas com o nome de "Long Tom".
Ao fim desse dia, entrou no porto da Horta, três poderosos navios de guerra Ingleses, sob o comando do Almirante Robert Lloyd, no seu conjunto totalizavam 130 peças de artilharia.
O Brigue Americano, confiante que a neutralidade do porto da Horta seria respeitada pelos Ingleses, permaneceu onde estava, mas foi surpreendido durante a noite com a tentativa de assalto por alguns escaleres inimigos, acção esta prontamente desfeita pela artilharia Americana.






Gravura colorida à mão, por Nathaniel Currier (Library of Congress)



Assim teve inicio a batalha, e foi nesta altura que o poderoso canhão conhecido por "Long Tom", começou a fazer a diferença, resistindo a forças superiores Inglesas, até que por fim, o Capitão Reid ordenou o afundamento do Brigue Americano, para este não cair em mãos inimigas.





O afundamento do "General Armstrong", na baía da Horta



Os Ingleses perderam entre mortos e feridos, mais de duas dezenas de homens, enquanto os Americanos tiveram 2 mortos e 7 feridos.
Mas o facto mais decisivo, foi o irremediável atraso na chegada da armada Inglesa ao continente Americano, dando tempo para as tropas Americanas, se prepararem para o ataque, impedindo assim a sua conquista.




A história que se escreveu...

Quanto ao "Long Tom", foi recuperado do fundo da baía da Horta, e fez parte das peças de artilharia do forte de Santa Cruz, onde foi encontrado em 1890, pelo filho do Capitão Reid que veio ver o cenário, onde seu Pai 76 anos antes defrontou três poderosos vasos de guerra Ingleses.
No seu regresso a Washington, pediu ao Presidente dos Estados Unidos, que tentasse junto do Rei Português, a devolução da peça aos Americanos, assim foi e hoje o "Long Tom", encontra-se no Arsenal da Marinha de Guerra em Washington, exposto como recordação dessa batalha naval, travada na baía da Horta.




O "Long Tom" de partida para os Estados Unidos.

4 comentários:

Basalto Negro disse...

Bom trabalho. Este foi o naufrágio mais famoso no porto. Há registo de outros?

Lc disse...

Infelizmente sim, neste momento estou a analisar, se existe mais alguma história interessante com algum deles, se assim for, vou divulgar com certeza.

geocrusoe disse...

Sim senhor continuas a trabalhar bem e pelo que vejo, estás mesmo entusiasmado, força!

Lc disse...

Obrigado pelo apoio.